Em tempos de crise, mercado imobiliário de Brusque segue aquecido!


Em tempos de crise, mercado imobiliário de Brusque segue aquecido!

Em tempos em que a crise econômica é amplamente citada e sentida em diversos setores, investir acaba se tornando algo difícil e que deixa muitos apreensivos. Afinal, quem tem dinheiro para investir procura negócios seguros e rentáveis. Neste cenário atual, investir em imóveis é uma boa opção, e se torna uma grande oportunidade.

Brusque é o lugar certo para investir em imóveis. A cidade está bem localizada, perto do litoral e de cidades importantes, como Itajaí e Balneário Camboriú. Além de estar próxima de aeroporto, em Navegantes, e também da capital Florianópolis.

A cidade tem o bom histórico de atrair investidores e novos moradores. Além de ser forte na indústria, nos setores têxtil e metal mecânico, conta com ótimos índices de qualidade de vida, o que atrai cada vez mais pessoas. O crescimento constante de Brusque faz com que a cidade seja segura para investir em imóveis.

É comum encontrar em bairros diferentes diversas construções em andamento. O gerente de vendas da imobiliária Júlio Imóveis, Sérgio Germano, afirma que se há construções, é porque existe uma demanda. “Não há dúvidas que essa crise econômica não atinge o setor imobiliário. Pois, há sempre uma grande demanda neste setor na cidade, que está em constante expansão”.

Sem dificuldades com crédito facilitado

Segundo Germano, só não financia quem não tem conhecimento e não pesquisa sobre as linhas de crédito. “Se as pessoas pesquisassem e procurassem mais informações, muitas poderiam deixar de pagar aluguel para investir em um imóvel. O financiamento acaba sendo uma espécie de poupança”.

Existem tipos de financiamento que são ideais para os que almejam a casa própria. Neste tipo de linha de crédito, as taxas de juros costumam ser equivalentes ao valor do aluguel. Um exemplo é o programa Minha Casa Minha Vida. Segundo Germano, é sempre mais compensador comprar o imóvel do que pagar aluguel, pois este último é um valor que não vai retornar.

Já para o investidor, a grande vantagem é adquirir um imóvel a preço de custo, uma vez que este tende a valorizar com o passar dos anos. “Esse tipo de investimento é muito atrativo, pois além de o imóvel ter a correção normal da inflação, há o recebimento mensal do aluguel. Já um dinheiro aplicado na poupança só tem a correção da inflação. Ele não valoriza”.

Mercado imobiliário de Brusque continua aquecido

De acordo com Germano, as vendas no setor imobiliário de Brusque foram crescentes de 2008 a 2015. O mercado estava bastante aquecido. Em 2015, os números se mantiveram nos dois semestres. Não houve aumento das vendas. Já nos dois primeiros meses de 2016, janeiro e fevereiro, foi sentida uma redução nas vendas. Mas a situação já se reverteu e os números estão alcançando os de anos anteriores, que foram promissores. “Se analisarmos o mês de março, estamos, inclusive, superando o número de vendas em relação ao ano passado”. 

Fonte: http://www.diplomatafm.com.br/portal/empresarial/detalhes.php?id=32

Galeria